Internet na velocidade da luz

8 Abr

Quando não está colidindo partículas, o laboratório Cern (Conseil Européen pour la Recherche Nucléaire), na Suíça, trabalha numa nova geração de internet que é 10 mil vezes mais rápida que a atual. “The Grid”, como é chamado o projeto, é construído sobre redes de fibras óticas e utiliza modernos centros de roteamento.

Os pesquisadores do Cern simplesmente tiraram o tráfego de dados das redes telefônicas. O sistema de dados do laboratório suíço se conecta a 11 centros ao redor do mundo e entrará em funcionamento quando o acelerador de partículas Large Hadron Collider (Grande Colisor de Hádrons, na foto abaixo) for ativado. Segundo os pesquisadores, com uma internet rápida como essa será possível ter nuvens de computação reais, conferência de vídeo holográfica e outras inovações futurísticas.

Grande Colisor de Hádrons, do Cern

Mais um pouco sobre o LHC (Large Hadron Collider) – em inglês


fonte: http://blog.hsw.uol.com.br

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: