Probabilidades

2 Ago

Rodovias, Assaltos, etc

https://i2.wp.com/www.litoralmania.com.br/img/transito2.jpg

Suicídio no mundo (clique no mapa para aumentar)

https://i1.wp.com/www.jornaldestak.com/fotos/262/GRAFICO1.gif

https://i1.wp.com/www.eupodiatamatando.com/wp-content/uploads/2007/08/grafico_da_agua_do_mundo.png

https://i1.wp.com/www.frigoletto.com.br/GeoPop/18117_in.gif

China: Uso de tefelones fixo, celuar e banda larga

https://i0.wp.com/www.teleco.com.br/imagens/paises_teleco/grafico_china07.gif

junho de 2006 a junho de 2008
Período Salário mínimo nominal Salário mínimo necessário
2006
Junho R$ 350,00 R$ 1.447,58
Julho R$ 350,00 R$ 1.436,74
Agosto R$ 350,00 R$ 1.442,62
Setembro R$ 350,00 R$ 1.492,69
Outubro R$ 350,00 R$ 1.510,00
Novembro R$ 350,00 R$ 1.613,08
Dezembro R$ 350,00 R$ 1.564,52
2007
Janeiro R$ 350,00 R$ 1.565,61
Fevereiro R$ 350,00 R$ 1.562,25
Março R$ 350,00 R$ 1.620,89
Abril R$ 380,00 R$ 1.672,56
Maio R$ 380,00 R$ 1.620,64
Junho R$ 380,00 R$ 1.628,96
Julho R$ 380,00 R$ 1.688,35
Agosto R$ 380,00 R$ 1.733,88
Setembro R$ 380,00 R$ 1.737,16
Outubro R$ 380,00 R$ 1.797,56
Novembro R$ 380,00 R$ 1.726,24
Dezembro R$ 380,00 R$ 1.803,11
2008
Janeiro R$ 380,00 R$ 1.924,59
Fevereiro R$ 380,00 R$ 1.900,31
Março R$ 415,00 R$ 1.881,32
Abril R$ 415,00 R$ 1.918,12
Maio R$ 415,00 R$ 1.987,51
Junho R$ 415,00 R$ 2.072,70

Salário mínimo nominal: salário mínimo vigente. Salário mínimo necessário: Salário mínimo de acordo com o preceito constitucional “salário mínimo fixado em lei, nacionalmente unificado, capaz de atender às suas necessidades vitais básicas e às de sua família, como moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social, reajustado periodicamente, de modo a preservar o poder aquisitivo, vedada sua vinculação para qualquer fim” (Constituição da República Federativa do Brasil, capítulo II, Dos Direitos Sociais, artigo 7º, inciso IV). Foi considerado em cada Mês o maior valor da ração essencial das localidades pesquisadas. A família considerada é de dois adultos e duas crianças, sendo que estas consomem o equivalente a um adulto. Ponderando-se o gasto familiar, chegamos ao salário mínimo necessário.

Mortes mais absurdas

Pela barba.

O austríaco Hans Steininger ficou famoso por ter a barba mais longa do mundo (de quase um metro e meio) e por morrer por causa dela. Num dia de 1567 teve um incêndio em sua cidade e na fuga Hans esqueceu-se de enrolar sua barba, pisou sobre ela, perdeu o equilíbrio, tropeçou e quebrou o pescoço.
Tycho Brahe

Por segurar o xixi.

O nobre e astrônomo dinamarquês Tycho Brahe era um personagem interessante. Tinha um alce treinado como animal de estimação e também perdeu a ponta de seu nariz num duelo com outro nobre dinamarquês e teve que usar um nariz falso feito de prata e ouro, mas essa é outra história. Diz-se que Tycho teve que segurar a vontade de ir ao banheiro durante um banquete particularmente extenso em 1601 (levantar-se no meio de um jantar era considerado como algo realmente ofensivo), a tal ponto que sua bexiga, levada ao limite, desenvolveu uma infecção pela qual morreu. Análises posteriores sugeriram que Tycho morreu em realidade por envenenamento com mercúrio, mas essa conclusão não é tão interessante como a história original.
Jean Baptiste Lully

Pela batuta de orquestra.

Enquanto conduzia uma sinfônica para o rei francês Luis XIV em 1687, Jean Baptiste Lully estava tão concentrado em manter o ritmo golpeando um pedaço de pau contra o chão (esse era o método habitual antes de que começassem a usar a batuta) que esmagou o dedão do pé mas se negou a parar. A ferida virou uma gangrena, mas o teimoso Lully negou-se a amputá-lo. A gangrena espalhou-se e o maestro turrão finalmente morreu. Irônicamente, o hino que conduzia era em celebração da recuperação de Luis XIV de uma doença.
Adolfo Federico da Suécia

Pela sobremesa.

O rei Adolfo Federico da Suécia amava comer e morreu por isso. Conhecido como “O rei que comeu até morrer”, faleceu em 1771 com 61 anos por causa de um problema digestivo depois de comer, literalmente, “mais que a barriga”. O jantar do comilão era composto de lagosta, caviar, chucrute, sopa de repolho, cervo defumado, champanhe e catorze pudins de leite recheados com amendôas, seu doce preferido.

Por casca de laranja.

Bobby Leach não temia desafiar a morte: em 1911 foi a segunda pessoa no mundo em sobreviver a uma queda dentro de um barril nas cataratas do Niágara. Realizou muitas proezas desse tipo, pelo qual sua morte é especialmente irônica. Caminhando por uma rua da Nova Zelândia, Leach escorregou num pedaço de casca de laranja. Quebrou a perna que teve que ser amputada. Morreu devido a complicações na cirurgia.

Pelo cachecol.

A mãe da dança moderna, Isadora Duncan, morreu por causa de um cachecol que ela adorava usar. O obituário no New York Times em 15 de setembro de 1927: “O automóvel estava à toda velocidade quando o cachecol de seda enganchou-se na roda e arrastou com terrível força à senhorita Duncan, atirando a com violência contra a rua. Foi arrastada durante vários metros até que o condutor se deteve, por causa dos gritos que vinham da rua. Reclamou-se ajuda médica, mas ficou provado que havia sido estrangulada e morreu instantaneamente”.

Por uma arraia.

Em 2006, Steve Irwin um naturalista australiano especialista em animais selvagens e protagonista do programa O Caçador de Crocodilos, morreu após ser atingido fatalmente por um aguilhão de arraia que lhe atravessou o coração enquanto filmava um documentário.

Steve Irwin

No guarda-roupa.

Mariesa Weber foi denunciada como desaparecida por sua família durante quase duas semanas antes de que a encontrassem em seu quarto, dentro do guarda-roupa denunciada pelo mal cheiro.
– “Dormi em sua casa durante 11 dias, procurando-a, e todo este tempo ela estava em seu quarto”. – Disse sua mãe Connie Weber ao jornal St. Petersburg Times.

Meios de transportes

  • Chance de 800% do busão estar lotado na ida.
  • Chance de 801% de estar lotado na volta.
  • Chance de 240,35% de alguém te encoxar no metrô.
  • Chance de 12% de um motoqueiro usar capacete.
  • Chance de 0% do motoqueiro acima sobreviver a um acidente.
  • Chance de 11,89% desse acidente acima envolver o motoqueiro.
  • Chance de 185% do acidente acima envolver uma caixa de fósforo, um zíper aberto e um cachorro autista.

Miscelânea

  • Chance de 99,99% desse alguém ser eu.
  • Chance de 138,8% desse alguém ser outra pessoa.
  • Chance de \infty% de ser Chuck Norris.
  • Chance de 315% de você estar lendo este blog.
  • Chance de 0% de você estar achando isso legal.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: